Apenas 39% das empresas brasileiras usam redes sociais

Conclusão é da pesquisa TIC Empresas 2013, realizada pelo CETIC.br

Por Mercado E-Commerce | 2 de junho de 2014

De acordo com a pesquisa TIC Empresas 2013, realizada pelo CETIC.br, somente 39% das companhias brasileiras usaram efetivamente as redes sociais como meio de comunicação. O levantamento também mostrou que a maior parte das companhias utiliza esses canais mais para vender produtos e serviços, e menos para interagir melhor com os seus clientes.

No uso das redes sociais, o estudo revelou que o setor de informação e comunicação é o maior “consumidor” dessas mídias, com uma adesão de 63%, seguido pelo setor de alojamento e alimentação, com 51%. Entre as empresas que possuem perfis nas redes sociais, 66% mantêm uma área própria ou uma pessoa responsável pelo monitoramento da empresa na rede.

Em 2013, o levantamento do CETIC.br, investigou as atividades realizadas pelas empresas nas redes sociais. A conclusão foi que 60% das empresas brasileiras que estão presentes nas redes sociais utilizam essas ferramentas para lançar novos produtos ou serviços, 54% para fazer promoções, e 34% para vender produtos e serviços – uma prova de que a interação efetiva e mais eficiente com o cliente ainda não foi prioridade nas redes sociais.

O estudo também confirmou uma preocupação do setor de TIC: está faltando mão de obra qualificada. Quando questionadas sobre as dificuldades encontradas para a contratação de profissionais, 51% das empresas responderam que o maior problema é a falta de qualificação especializada em TI. O desenvolvimento interno de softwares, que geralmente demanda mão de obra qualificada, foi identificado em 43% das empresas de grande porte.

Em contrapartida, entre as pequenas e médias empresas, a proporção é 14% e 25%. Os dados de 2013 revelaram que há uma pessoa ou uma área específica de tecnologia da informação ou informática em 33% das empresas brasileiras. Naquelas de pequeno porte, essa proporção é de 24%, enquanto que nas médias e grandes atinge 51% e 89%, respectivamente.

A TIC Empresas 2013 ratificou a crescente presença de dispositivos móveis entre as empresas e a influência da consumerização. Os tablets estão presentes em 21% das organizações – em 2012, o índice era de 19%. O aumento mais acentuado foi registrado nas empresas de grande porte, nas quais o percentual passou de 33%, em 2012, para 42%, em 2013. No uso do comércio eletrônico, 58% das empresas brasileiras com acesso à Internet declararam ter comprado pela Internet e 16% venderam por esse meio.

Os pesquisadores do CETIC.br também fizeram uma comparação com o levantamento feito pelo Information Society Statistics, da Eurostat, e observaram que a proporção de empresas brasileiras que vendem pela Internet é similar à observada na União Europeia no mesmo ano, em que 14% do total de companhias declaram realizar esse tipo de operação.

Em sua nona edição, a TIC Empresas teve como objetivo de medir o alcance e impacto das TIC no setor produtivo do País. Foram entrevistadas 6.429 empresas brasileiras com 10 ou mais pessoas ocupadas de onze setores econômicos diferentes, representando todas as regiões do Brasil.

O estudo confirmou a quase universalização do acesso ao computador e à Internet nas empresas brasileiras: 97% delas utilizaram computadores no último ano e 96% acessaram a Internet. As redes LAN tanto com fio (84%), como sem fio (74%), estão presentes de forma significativa nas companhias que utilizam computador, assim como as conexões DSL e via cabo, com 64% para ambos os tipos.

Com informações de Convergência Digital

 

Fonte: iMasters

 

Comentários

Comentários

Tags: , , , , , ,

Categorias: Notícias

Leia Também

Casino e Pão de Açúcar planejam combinar comércio virtual
Consumidores estão mais preocupados com preços no e-commerce
Os negócios preferidos das mulheres que empreendem
E-commerce brasileiro supera expectativas do mercado em 2013