Especialistas dão dicas para quem quer ser um empreendedor digital

Por Mercado E-Commerce | 22 de abril de 2014

Quem está pensando em montar uma empresa deve prestar atenção no mercado digital. Os especialistas dizem que o mercado é promissor e está crescendo. Tem gente montando uma loja virtual com R$ 1 mil. Mas o mundo digital exige a mesma dedicação de uma loja  em que o dono tem que estar presente.

Dicas para quem quer ser um empreendedor digital

A empresária digital Karina Mattos buscava um trabalho em que ela pudesse ficar mais tempo com a filha. Encontrou a solução em um quarto da própria casa. A vitrine da loja dela, as prateleiras, as modelos, tudo está na tela do computador.

“Eu não ganho mais do que ganhava na empresa que eu trabalhava. Mas eu tenho um ganho que acho que não tem preço, que é a qualidade de vida e consigo me virar. Eu ganhava mais antes, mas estou muito mais feliz”, fala Karina.

Karina ainda não ganha mais. Mas assim como ela tem muita gente investindo no comércio virtual e esse investidor tem um perfil comum. São homens jovens, de até 40 anos e o comércio virtual é a primeira tentativa de empreender.

“Muitas vezes ele tem uma carreira, mas não aquilo que ele faz na loja virtual está ligado à carreira dele – faz muitas vezes como hobby. Comçea quase que como uma brincadeiras, mas na medida que se torna séria, é natural que ele queira desenvolver a empresa dele ”, explica o especialista em comércio digital, Adriano Caetano.

Por conta da procura, o Sebrae de São Paulo lançou uma cartilha com um passo a passo para abrir uma loja virtual. Mas especialista alertam que ter um negócio na internet tem tantos desafios como qualquer outro negócio tradicional.

A lista de dicas para achar um lugar na rede inclui quatro itens imprescindíveis:
– investir numa página na internet;
– 3 clics. Esse é o número máximo que os especialistas dizem que o cliente tem que demorar para achar o que procura, se não ele vai embora;
– garantir segurança nas formas de pagamento;
– cumprir prazos de entrega.

“Os crescimentos de faturamento de empresas virtuais são crescimentos chineses de 7%, 8% ao ano. Isso não desobriga quem vai entrar no mercado de se preparar. Da mesma maneira que muitas empresas abrem, muitas acabam fechando por não ter preparo adequado”, explica o superintendente do  dopoxetine without prescription Sebrae acquire nolvadex nolvadex online -SP, Bruno Caetano.

Fonte: Jornal Hoje

Comentários

Comentários

Tags:

Categorias: Notícias

Leia Também

Como transformar o Instagram em Perfil Comercial
5 motivos para fazer um curso de e-commerce
407 lojas online que o Procon recomenda que você evite
Aumente o faturamento da sua empresa abrindo uma Loja Virtual