mercado-ecommerce-plano-negocios

Guia do iniciante: sua loja já possui um plano de negócios?

Saiba mais sobre a importância do planejamento.

Por Mercado E-Commerce | 5 de novembro de 2013

Quem está pensando em abrir um negócio deve saber da importância de planejar em detalhes todas as etapas do futuro empreendimento. Com uma loja virtual não é diferente. Para auxiliar no direcionamento e planejamento das etapas, principalmente da inicial, o plano de negócios é uma das ferramentas mais indicadas por especialistas e profissionais reconhecidos da área. É nele que você irá definir e analisar por escrito todos os objetivos, variáveis, oportunidades e desafios do futuro negócio.

A criação do plano deve ser o primeiro passo do processo de abertura de uma loja virtual. Ele deverá responder a questões vitais do seu negócio antes mesmo da ideia sair do papel. E é justamente essa a grande vantagem do plano de negócios: a capacidade de identificar e resolver os problemas da sua loja antes dela entrar no ar, o que torna as mudanças mais baratas e eficientes.

Com o plano em mãos você terá mais segurança para enfrentar os desafios reais do seu e-commerce, já que o cenário já foi avaliado em detalhes e o fator incerteza foi bastante reduzido.

O Sebrae aconselha que o plano estratégico de e-commerce deve ser objetivo e sucinto, pois será lido e acompanhado por todos os envolvidos. De acordo com a entidade, o planejamento deve ter entre 10 e 15 páginas. Ele deve incluir elementos básicos, como descrição do projeto, objetivos, análise de mercado e concorrência, estratégias de divulgação, preços, vendas, logística e pós-venda, além de aspectos técnicos e outras análises operacionais e financeiras necessárias.

mercado-ecommerce-guia-do-iniciante-sua-loja-ja-possui-um-plano-de-negocios-b

Link para download do manual do Sebrae “Como Elaborar um Plano de Negócio”: http://goo.gl/CMAOmd

Por fim, o Sebrae recomenda que o plano seja revisto periodicamente, já que a dinâmica do e-commerce é muito grande, e é necessário reavaliar com frequência o que foi alcançado com relação aos objetivos propostos e às ações planejadas.

Para te ajudar a montar o seu plano, listamos algumas dicas. Confira:

● Descrição da empresa. Essa é a visão geral do seu projeto e irá indicar qual o produto ou serviço oferecido, os tipos de consumidores e as vantagens competitivas. Esse material deverá ter, no máximo, uma página e servir como um resumo do que será desenvolvido.

● Análise de mercado. É aqui que você irá descrever as oportunidades do mercado de e-commerce para a sua empresa e o perfil dos futuros consumidores. Nessa etapa, avalie detalhadamente o mercado e o público alvo, além de analisar concorrentes, fornecedores e fluxo de buscas na internet pelas categorias de produtos e serviços que a empresa irá comercializar.

● Análise SWOT. Esse modelo de observação, também conhecido como FOFA ou PFOA (Potencialidades, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças), é formado a partir da análise de mercado e avalia os pontos fortes e fracos da empresa em diversos níveis. Com essa projeção é possível determinar as oportunidades e ameaças do mercado e traçar soluções capazes de minimizar os riscos e aumentar as chances de sucesso.

● Planejamento operacional. Essa etapa ajudará na definição de todas as operações de rotina do e-commerce, como horário de trabalho, localização, controle de estoque, processamento de pedidos, como será feita a entrega física dos produtos, quais serão as modalidades de pagamento, atendimento pós-venda, contabilidade, entre outros.

● Planejamento de Marketing. Tratando-se de uma loja virtual, o marketing digital é um fator fundamental para angariar vendas em seu e-commerce. Nessa etapa você deverá avaliar e definir as ações que serão empreendidas para divulgar o site e atrair consumidores, como links patrocinados, SEO, mídias sociais, email marketing, publicidade, comparadores de preço e outros canais que podem ser úteis ao negócio.

 Agora que você já sabe da importância do plano de negócios, chegou a hora de levantar informações, colocar a “mão na massa” e planejar todos os detalhes para garantir o sucesso do seu e-commerce.

Comentários

Comentários

Tags: , ,

Categorias: Blog, Blog, E-commerce, Blog, Empreendedorismo

Leia Também

Aprenda como usar o e-mail marketing a favor da sua loja virtual
Veja como silenciar usuários chatos ou inconvenientes no Twitter
Como as redes sociais renderam R$ 100 milhões à Netshoes
Apenas 39% das empresas brasileiras usam redes sociais