mercado-ecommerce-lojas-virtuais-gratis

Lojas Virtuais Grátis

Entenda as vantagens e riscos de optar pelas plataformas gratuitas.

Por Mercado E-Commerce | 15 de fevereiro de 2011

Muitos empresários estão adotando as lojas virtuais grátis como forma de viabilizar financeiramente os projetos de vendas online. Mas, por trás dessa tentação virtual, o que parece ser grátis, na verdade pode esconder custos que você só irá descobrir depois de já ter optado por esse modelo. Neste artigo, vamos analisar as vantagens e desvantagens desse tipo de e-commerce.

Primeiro, vamos deixar claro algo muito importante: a escolha entre uma loja virtual grátis ou uma paga, está diretamente relacionada ao futuro que você quer para o seu negócio. Pense em sua loja como a semente em um vaso de flor. A medida que a planta nascer e crescer, você vai notar a necessidade ou não de trocar para um vaso maior. Se você souber escolher bem o vaso, não vai precisar trocar sua planta de lugar, e ela vai continuar crescendo forte e sadia. Agora, se você escolher o vaso errado, ela vai parar de crescer. Se tentar trocar ela de vaso, poderá ficar dias sem absorver nutrientes, neste caso, poderá até morrer.

Com uma loja virtual é a mesma coisa. Pense na escolha do modelo de plataforma como um vaso que poderá contribuir ou não para o crescimento do seu negócio virtual. Uma escolha errada, poderá afetar drasticamente o futuro de sua empresa.

Existem dois tipos de lojas virtuais grátis disponíveis no mercado: lojas oferecidas por empresas ligadas a serviços online e as plataformas de uso gratuito, chamadas de plataformas open source.

As empresas ou sites, que oferecem lojas virtuais grátis, estão cada vez mais comuns na rede. Algumas oferecem lojas prontas, 100% gratuitas. Mas, para compensar o custo zero, colocam banners publicitários nas laterais. Até aí tudo bem. O problema é que a maioria desses banners são de produtos similares aos seus, sendo vendidos pelos seus concorrentes. É o mesmo que você deixar o seu concorrente abrir uma banca de produtos no meio da sua loja. Outra desvantagem é que esses serviços raramente oferecem planos de expansão ou serviço de suporte. Imagine sua loja ficar fora do ar e você não poder fazer nada para solucionar o problema.

Já outros sites, oferecem toda a montagem da loja ao troco da contratação de um serviço de hospedagem ou gateway de pagamento. São empresas sérias, possuem know-how quando o assunto é e-commerce. Além disso, possuem planos de expansão, facilidade de integração com os ERPs e suporte 24 horas. Mas é bom ficar de olho nas opções. Existe uma grande variação de preços e taxas cobradas entre esses serviços casados.

As plataformas gratuitas são as grandes sensações do momento. O popular Magento, o OsCommerce e mais recentemente, a versão nacional, Virtua Store, são ótimas opções de lojas gratuitas, porém requerem conhecimentos específicos de programação. Ou seja, você terá custo de configuração. Apesar disso, possuem muitas opções de plugins (acessórios), muitos deles gratuitos, que podem deixar sua loja virtual cada vez mais completa. O layout pode ser personalizado com o uso dos templates especiais. Na internet, existem milhares de templates prontos, um mais bonito que o outro. É só escolher o que melhor irá atender ao seu ramo de negócio. A hospedagem também é muito importante, fuja dos planos básicos demais.

mercado-ecommerce-lojas-virtuais-gratis-b

Para todos os casos, existem vantagens e desvantagens. Pesquise bastante cada um deles e tente fazer a melhor escolha possível. Não esqueça que uma escolha errada, poderá fazer o barato sair muito caro.

Comentários

Comentários

Tags: ,

Categorias: Blog, Blog, E-commerce, Blog, Plataformas de E-Commerce

Leia Também

Inovação em E-commerce
Inove no e-commerce: ofereça novas experiência para seus clientes
Gigante do comércio eletrônico, Ebay, chega ao Brasil com site e app em português
Abrir uma loja online requer planejamento e conhecimento