mercado-ecommerce-mobile-commerce

M-commerce: comércio móvel é tendência no Brasil

O aumento dos usuários de smartphones faz crescer o potencial do setor.

Por Mercado E-Commerce | 8 de julho de 2013

O m-commerce é cada vez mais tendência no mundo do comércio virtual brasileiro. Isso porque seu potencial no Brasil pode ser entendido ao somar o crescimento do comércio eletrônico, ao aumento cada vez maior do número de usuários de smartphones.

Além disso, a conversão em vendas e o ticket médio de compra pelos dispositivos móveis é 30% maior do que a média dos e-commerces tradicionais.

Os desafios para o mercado móvel no Brasil são problemas primários de estrutura. Segundo Fábio Barbosa, co-fundador da MundiPagg, o primeiro grande ponto é que a maioria das lojas virtuais ainda não focou em criar um site ou aplicativo móvel.

mercado-ecommerce-m-commerce-dados

Além disso, no celular, o carregamento das páginas e o processo de compra devem ser o mais ágil possível. E aí está a oportunidade de facilitar a compra para os clientes, com o objetivo de gerar cada vez mais resultados.

Não adianta usar o site que está pronto e dizer que o mesmo está disponível para a compra pelo celular. Não é assim que funciona. Tem que haver diferencial, tem que ser simples, focar na boa experiência do usuário que está ali no site querendo obter mais informações sobre o produto, procurar preço, ou simplesmente comprar com rapidez e simplicidade.

Por isso é preciso estudar o comportamento do público em aparelhos móveis e a partir disso criar uma página leve, que permite ao usuário segmentar a sua navegação de acordo com seus desejos e comprar em poucos toques o que deseja de imediato.

Quer se inspirar em quem já está explorando os benefícios do comércio por smatphones? Estude como a Netshoes, Walmart e Pão de Açúcar estão alcançando resultados acima do esperado com o mobile e, como consequência, saem na frente dos concorrentes na aproximação com o seu consumidor.

 

Fonte: Revista Proxxima.

Comentários

Comentários

Tags: , , ,

Categorias: Blog, Blog, E-commerce, Blog, Tendências

Leia Também

Cashback devolve parte do dinheiro pago no e-commerce
Como as redes sociais renderam R$ 100 milhões à Netshoes
Plataforma de e-commerce: o que considerar na escolha da melhor plataforma para sua loja virtual?
A fenomenal ascensão da chinesa Alibaba, vista por dentro