ecommerce-illustration

Spryker, plataforma de e-commerce alemã aterrissa no Brasil

Por Mercado E-Commerce | 22 de junho de 2015

Com o mercado de e-commerce cada vez mais competitivo, as empresas precisam se diferenciar e agir com flexibilidade e inovação se querem estar sempre a frente da concorrência. O Brasil tem vivenciado nos últimos anos um inédito “boom” empreendedor nos mais diversos segmentos do varejo online. Dezenas de empresas como a Dafiti, Mobly, Netshoes, Natue, Evino entre outras, nasceram com a ambição de chegar rapidamente à liderança dos seus segmentos e de fato conquistaram seus objetivos.

Além de um grande aporte financeiro de fundos globais e uma estratégia de marketing bem desenhada, todas essas empresas colocam a tecnologia no centro da sua estratégia. Um exemplo disso é a Project-A, aceleradora de startups alemã que consegue lançar uma nova empresa em menos de 4 semanas, utilizando uma plataforma com apenas algumas funcionalidades personalizadas (Spryker). Uma vez que o volume de pedidos aumenta e o conceito do projeto é validado, aí então começam a investir tempo e dinheiro para otimizar a loja e criar funcionalidades inovadoras e customizadas para o negócio.

Segundo levantamento feito pela ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) uma das grandes reclamações dos varejistas em relação às plataformas de e-commerce atuais é o fato de pagarem por recursos que muitas vezes não são utilizados. Esses recursos muitas vezes fazem parte do pacote oferecido pelo fornecedor de software, gerando assim uma divergência entre o que o mercado oferece e o que os varejistas de fato precisam.

Foi justamente pensando nesse ponto e levando em conta a experiência no lançamento de startups em tempo recorde e em diversos países simultaneamente, que fez com que o Spryker desenvolvesse uma plataforma extremamente robusta, ágil e flexível permitindo contínua inovação, desenvolvimento de aplicativos e novas funcionalidades para o e-commerce. O objetivo do Spryker é fornecer uma plataforma enxuta e performática que se adapte às necessidades específicas de cada e-commerce.

Focada no mercado de plataformas de e-commerce, a startup alemã Spryker acaba de chegar ao Brasil por meio da Project A Ventures. O Spryker nasceu da experiência e do desenvolvimento da plataforma de mais de 100 e-commerces e startups globais dentro de fundos como Rocket e Project-A e tem como referência e-commerces inovadores como Dafiti, Zalando, Natue, Westwing, eVino, Mobly entre outros.

A empresa acaba de receber um aporte de mais de 7 dígitos liderado pelo fundo alemão Project-A e Cherry Ventures.

Toda a equipe do Spryker tem um longo histórico na construção e ampliação de sites de e-commerce. Fabian Wesner, CEO Global da Spryker, atuou por muitos anos como CTO Global da Rocket Internet e da Project-A, e devido à falta de software adequado no mercado desenvolveu as plataformas de e-commerce que ainda hoje são utilizadas nestes fundos.

Para Klederson Bueno, founder do Spryker no Brasil, “A arquitetura robusta é uma das principais vantagens da plataforma. Isso permite uma plataforma extremamente enxuta e flexível, abrindo caminho para a inovação dentro do negócio de e-commerce. Nosso foco no Brasil são as empresas de médio e de grande porte que já são ou querem tornar-se referência no seu setor e que percebem a importância estratégica da inovação tecnológica como fator chave para alavancar o crescimento e manter vantagem competitiva. Empresas que estão dispostas a encarar o que nós chamamos de green field, afim de inovarem e se diferenciarem são o nosso target”.

Quem lidera a operação no Brasil

O escritório da Spryker no Brasil é comandado por Klerderson Bueno, que possui mais de 17 anos de experiência em TI e foi CTO Global na Rocket Internet antes de integrar na Spryker como CTO e founder local, trabalhou em posições gerenciais em empresas consolidadas e startups como Clickbus, Ci&T, Privalia ( Espanha e Brasil ), Coquelux e em consultorias globais como Ernst & Young, dentre outras.

Mais sobre a Project A

A Project A Ventures nasceu há pouco mais de três anos em Berlim como uma nova categoria de empresas hoje conhecida como company builder, um misto de Venture Capital e desenvolvimento de empresas. A empresa chegou ao Brasil em junho de 2012, liderada por Olivier Raussin, CEO para América Latina, e conta hoje com um aporte de mais de R$ 260 milhões dos grupos Otto e Axel Springer para participar do desenvolvimento do ecossistema de internet e mobile no Brasil e na Alemanha. Por enquanto, a empresa conta com outras três empresas em seu portfólio brasileiro, a Natue, e-commerce de produtos naturais e saudáveis, a eVino, e-commerce de vinhos no modelo de flash sales, a ESV Digital, agência de marketing digital, Intelipost, um software gateway de logística e Pró-Compra, uma plataforma que conecta pessoas físicas e pequenas empresas de serviços buy Antabuse buy Lasix online buy lioresal

Comentários

Comentários

Tags:

Categorias: Blog, Blog, E-commerce, Blog, Plataformas de E-Commerce

Leia Também

Twitter pode mostrar posts no seu feed de perfis seguidos por amigos
SALVADOR, 18 DE NOVEMBRO
Facebook: porque criar uma página (fanpage) e não um perfil?
RECIFE, 11 DE NOVEMBRO