carrinhos copy

Use o abandono de carrinho para vender mais

Aprenda a efetuar a venda mesmo quando o cliente tiver abandonado o carrinho.

Por Mercado E-Commerce | 2 de abril de 2014

As taxas de abandono de carrinhos no comércio virtual são altíssimas.

Neste ano, uma pesquisa do Ibope e-commerce revelou que as compras que não são efetivadas chegam a 83% nas lojas de informática. Já no setor vestuário a proporção é de 80%. Seguido pelas lojas online de decoração, com 76%. A menor taxa de abandono de carrinhos ocorre nas lojas de produtos de escritório e papelaria, que é de 65%.

A prática se tornou comum entre os consumidores online e vários podem ser os motivos que os levam a desistir da compra no meio (ou no fim) do caminho. O que vale pensar aqui é como formatar o processo de compra para que o carrinho abandonado forneça informações que te ajudem a melhorar a conversão.

Abaixo, os principais motivos para o abandono do carrinho, segundo a Invesp:

carrinhoabandonado

Entendendo o ciclo de compra e o comportamento padrão do consumidor diante dele, você pode estabelecer algumas estratégias para otimizar o processo de venda de seu site, criar uma relação mais precisa com o consumidor e, consequentemente, aumentar suas vendas.

Preparamos algumas dicas para te ajudar a melhorar seus serviços a partir de um carrinho abandonado.

Coletando dados importantes

Os formulários que o cliente preenche para fazer a compra e os produtos que colocou no carrinho contêm informações sobre ele que podem ser usadas a seu favor.

Faça com que os primeiros campos a serem preenchidos forneçam informações básicas como nome, sexo, e-mail e crie um banco de dados dos clientes. Informações como os produtos que ele escolheu e os que visitou são importantes e devem ser preservadas para que seja possível criar um perfil daquele consumidor.

Assim, você tem os argumentos para estabelecer uma relação com ele e, ainda, armazena dados para estatísticas.

Estabeleça contato rapidamente

Logo após o abandono do carrinho você precisa agir rápido. Envie um e-mail lembrando o consumidor que a compra não foi efetivada. Pode ser que tenha havido algum problema técnico ou que o consumidor tenha simplesmente esquecido de finalizar a transação.

O importante é mostrar que sua loja percebeu que aquele carrinho foi abandonado e que se interessa pelo cliente. É importante mencionar que a loja está guardando aqueles produtos que ele selecionou e que seu retorno ao site é aguardado. Além disso, caso tenha tido algum problema técnico ele terá mais interesse em reportar pelo site, pois você iniciou o contato.

Ofereça produtos associados

Mesmo que o cliente em potencial não chegue a efetivar a compra, com as informações dele e dos produtos pelos quais se interessou você pode insistir no contato.

Crie um e-mail com produtos que possam interessá-lo. Associe aqueles que deixou no carrinho com outros semelhantes e envie uma nova proposta de visita à loja virtual para dar uma olhada no que pode ser do interesse dele. Isso estabelece uma relação mais íntima com o consumidor: “Nós sabemos quem você é e temos outros produtos que pode gostar.”

Essa intimidade mostra que a loja tem uma consideração pelo consumidor e gera sua confiança.

Ofereça vantagens

Se for o caso, ofereça um cupom de desconto ou uma oferta de compra associada. Crie no consumidor a vontade de voltar a visitar sua loja e aproveitar aquela vantagem que recebeu por e-mail. Assim, você pode abrir um caminho para estabelecer um relacionamento mais duradouro.

Já dissemos que as informações que os carrinhos abandonados contêm são preciosas e precisam ser armazenadas e utilizadas. Invista no relacionamento com o consumidor a partir dessas informações, mesmo que ele não efetue a compra. Mostre que a sua loja está disposta a fornecer qualquer informação sobre produtos, procedimentos e ofertas em seus canais de atendimento.

Pergunte se ele quer continuar recebendo e-mails sobre os produtos da loja e demonstre interesse em obter um feedback. Personalize as informações sempre que for possível e busque criar um relacionamento mais pessoal com o cliente. Essa intimidade mostra que a loja tem uma consideração pelo consumidor e desperta sua confiança.

Comentários

Comentários

Tags:

Categorias: Blog, Blog, E-commerce, Blog, Plataformas de E-Commerce, Blog, Usabilidade

Leia Também

Evite os 4 erros mais comuns ao criar uma loja virtual
Facebook testa botão ‘comprar’ para usuário adquirir itens sem sair do site
24/11: Curso “Redes Sociais para Empresas”
Gigantes chineses de tecnologia e internet estão chegando